domingo, 23 de janeiro de 2011

Missa Usina Guarani



A fotografia documental é um dos tipos de vistas mais antigas que se tem notícia. Prédios públicos, paisagens, museus, até pelo caráter estático, necessário nas primeiras heliografias (precursora da fotografia), eram registrados sob encomenda. Com o avanço técnico, pessoas puderam ser captadas e eventos documentados. Os movimentos são captados naturalmente, e paralizam sem deixar rastros no arquivo digital ou mesmo na película do filme fotográfico, nosso suporte passado. Essas fotos, documentais, foram feitas a pedido da promotora da missa, a Usina Guarani. Realizada na penúltima semana de dez/2010, em Olímpia-SP, a missa contou com participação do carismático padre Marcelo Rossi. O sol forte do dia favoreceu imagens em alta velocidade e/ou com grande profundidade de campo. Elementos como guarda-chuvas foram uma brincadeira em separado, deixando boas possibilidades estéticas para se criar. 








2 comentários:

Thaís Cavalcanti disse...

Gostei das escolhas feitas para retratar a missa. Muito poético! E ao mesmo tempo simples.

Velho Santiago disse...

Olá, Thaís.
Faço assim nesses trabalhos: registro esses eventos para a empresa que organiza. Eles precisam de imagens que possam usar em diversas situações (documentação, prestação de contas, divulgação, etc) então tem que ter um pouco de tudo, mas não pode faltar o básico! rss.. Alguma imagens eu faço pra mim mesmo, pra postar, trabalhar o olhar, pq seriam tãoo abstratas que enviá-las poderia gerar uma avaliação incorreta. Mas tudo que fotográfo tento olhar de um jeito que o outro não veria.. Quem leva a imagem para o outro, tem que mostrar o que normalmente não seria visto. Abraço e obrigado por passar por aqui!